Meteorologia

  • 14 NOVEMBRO 2019
Tempo
15º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

Guarda Costeira italiana resgata cerca de 180 pessoas no Mediterrâneo

A Guarda Costeira italiana resgatou hoje cerca de 180 migrantes nas águas do Mediterrâneo central e vai agora em direção a Malta, para desembarcá-los num porto seguro, informou em comunicado.

Guarda Costeira italiana resgata cerca de 180 pessoas no Mediterrâneo

O resgate ocorreu depois de um avião da missão europeia EUNAV FOR MED SOPHIA (operação Sophia) ter avistado um barco com cerca de 180 pessoas a bordo, cerca de 56 quilómetros a sudoeste da ilha italiana de Lampedusa.

No entanto, as águas em que se encontravam são da competência das autoridades maltesas, por serem na sua Zona de Busca e Salvamento (SAR), tendo o resgate sido coordenado a partir da capital, La Valeta.

Malta pediu a colaboração de Itália, que enviou ao local onde se encontravam os migrantes de dois navios da Guarda Costeira e um da Guarda de Finanças (polícia fiscal e fronteiriça), que receberam os resgatados a bordo.

Atualmente, os três navios estão a ir em direção ao porto de La Valeta, esperando saber onde vão desembarcar os imigrantes.

Por outro lado, as autoridades italianas autorizaram o desembarque no porto de Tarante, em Apulia (sul de Itália), do navio Ocean Viking, da organização não-governamental francesa SOS Méditerranée e dos Médicos Sem Fronteiras, que resgatou 176 migrantes no Mediterrâneo, no domingo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório