Meteorologia

  • 17 NOVEMBRO 2019
Tempo
15º
MIN 11º MÁX 17º

Edição

Jovens vítimas de regressão no investimento na educação em África

Os países africanos regrediram nos últimos cinco anos no acesso dos jovens à educação e formação que facilite o acesso a empregos, conclui um relatório da Fundação Mo Ibrahim publicado hoje.

Jovens vítimas de regressão no investimento na educação em África
Notícias ao Minuto

00:05 - 15/10/19 por Lusa

Mundo África

Segundo o documento, "desde 2014, em média, os países africanos regrediram na promoção de educação de alta qualidade, formação e investigação e desenvolvimento e na satisfação das necessidades de uma economia competitiva".

O resultado, vinca a primeira edição do "Relatório da Governação Africana", é uma cada vez maior população jovem com dificuldades em entrar no mercado de trabalho.

"Para melhorar os resultados na educação, os governos africanos devem dar prioridade ao envolvimento ativo com o setor privado, avaliar as necessidades e exigências do mercado de trabalho e abrir oportunidades de formação, além de desenvolver políticas educacionais direcionadas que correspondam a uma economia competitiva", refere.

O relatório usa dados do Índice Ibrahim de Governação Africana (IIAG), que mede anualmente a qualidade da governação em 54 países africanos através da compilação de dados estatísticos do ano anterior.

O estudo faz uma avaliação da governação e implementação pelos países africanos da Agenda 2063 da União Africana, bem como da Agenda para o Desenvolvimento Sustentável 2030 das Nações Unidas em áreas como a educação, saúde, igualdade de género, prosperidade e oportunidades económicas, segurança e justiça.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório