Meteorologia

  • 16 OUTUBRO 2019
Tempo
20º
MIN 13º MÁX 21º

Edição

Síria: Holanda suspende exportação de armas para a Turquia

A Holanda suspendeu qualquer nova exportação de armamento para a Turquia após o lançamento de uma ofensiva militar turca contra as forças curdas no nordeste da Síria, disse hoje o Ministério dos Negócios Estrangeiros holandês.

Síria: Holanda suspende exportação de armas para a Turquia
Notícias ao Minuto

17:44 - 11/10/19 por Lusa

Mundo Síria

A Holanda decidiu suspender todos os pedidos de licenças de exportação de material militar para a Turquia enquanto aguarda a evolução da situação", indicou o ministério à agência France Presse.

"Apelamos aos outros países membros da União Europeia para fazerem o mesmo", declarou o vice-primeiro-ministro, Hugo de Jonge, que falava numa conferência de imprensa em Haia, após o Conselho de Ministros semanal e na ausência do primeiro-ministro, Mark Rutte, em visita à Austrália.

A Turquia lançou na quarta-feira uma operação militar, envolvendo forças aéreas e terrestres, contra a milícia curdo síria Unidades de Proteção Popular (YPG), que considera "um grupo terrorista" e que quer afastar da sua fronteira.

As YPG foram o principal ator da derrota dos 'jihadistas' do Estado Islâmico com o apoio da coligação internacional conduzida pelos Estados Unidos.

A ofensiva provocou protestos internacionais e vários países, nomeadamente europeus, expressaram preocupação com o futuro dos civis, mas também dos numerosos 'jihadistas' detidos pelas forças curdas, que controlam uma vasta região no norte sírio.

"Estamos muito preocupados com as possíveis consequências humanitárias desta operação", que pode "prejudicar o combate contra (o grupo 'jihadista') Estado Islâmico e a estabilidade na região", adiantou Hugo de Jonge.

A Noruega, país aliado da Turquia na NATO, anunciou na quinta-feira a suspensão da exportação de armamento para Ancara.

A França disse que os europeus analisarão "na próxima semana" a possibilidade de sanções contra a Turquia.

A ofensiva turca, que já matou 25 civis nos dois lados, será tema em destaque nas discussões dos chefes da diplomacia europeus na segunda-feira no Luxemburgo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório