Meteorologia

  • 08 DEZEMBRO 2019
Tempo
16º
MIN 12º MÁX 17º

Edição

Exército indiano admite que abateu por engano um dos seus helicópteros

O exército indiano admitiu hoje que abateu por engano um dos seus helicópteros, matando os seis ocupantes, em fevereiro na Caxemira, região dos Himalaias que é motivo de disputa com o Paquistão.

Exército indiano admite que abateu por engano um dos seus helicópteros
Notícias ao Minuto

12:23 - 04/10/19 por Lusa

Mundo Índia

"Um comité de investigação concluiu o seu trabalho e foi nossa culpa que o nosso míssil tenha atingido o nosso helicóptero", disse Rakesh Kumar Bhadauria, responsável da força aérea da Índia, numa conferência de imprensa.

O acidente ocorreu a 27 de fevereiro, quando caças indianos e paquistaneses entraram em conflito no espaço aéreo da Caxemira, durante uma das crises mais graves dos últimos anos entre as duas potências nucleares do sul da Ásia.

A Índia não deu uma explicação oficial na época sobre o acidente deste seu helicóptero militar, incidente que não foi reivindicado pelo Paquistão, perto da cidade de Srinagar.

Nos últimos meses, a imprensa indiana citou repetidamente fontes não identificadas de que o helicóptero havia sido abatido por engano por um míssil disparado pelo próprio exército indiano.

Referindo-se ao incidente como um "grande erro", o chefe da força aérea disse que medidas seriam tomadas "para garantir que esses erros não sejam repetidos no futuro".

Esses confrontos aéreos ocorreram após um bombardeamento indiano no Paquistão, em retaliação ao atentado suicida de 14 de fevereiro contra paramilitares na Caxemira indiana por um grupo extremista, que está sediado no Paquistão.

Mesmo meses depois, os eventos exatos do dia 27 de fevereiro não foram totalmente clarificados.

Pelo menos um avião indiano foi abatido nos combates e o seu piloto capturado pelo Paquistão, mas retornou à Índia alguns dias depois. Esse gesto do Governo paquistanês ajudou então a acalmar a crise.

O exército paquistanês alega ter abatido dois aviões nos confrontos naquele dia, mas a Índia sempre relatou que apenas um avião foi abatido.

Nova Deli alega ter destruído um avião inimigo, mas o Paquistão nega que isso tenha acontecido.

Índia e Paquistão disputam a região da Caxemira, dividida de facto entre os dois países, desde a divisão do império colonial britânico das Índias em 1947.

Os dois países enfrentaram-se em duas guerras e inúmeros outros confrontos menores.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório