Meteorologia

  • 14 DEZEMBRO 2019
Tempo
13º
MIN 13º MÁX 17º

Edição

Latidos do cão salvaram família de incêndio em casa. Animal morreu

Zippy conseguiu salvar a família, avisando-os das chamas, mas acabou por morrer. Acidente aconteceu na Flórida.

Latidos do cão salvaram família de incêndio em casa. Animal morreu

A família Butler acordou por volta das 2h00 da madrugada desta terça-feira com o alarme de incêndio, mas apenas por breves instantes, uma vez que o dispositivo, que começou a arder, só soou duas vezes. Foi nesta altura que o cão da família, segundo atesta Leroy Butler, começou a ladrar.

"Ele andava para trás e para a frente. Saltou da cama em casa", relembrou o norte-americano, natural de Brandenton, na Flórida.

Nessa altura, a mobília já estava a arder e o teto de casa também já tinha sido alcançado pelas chamas, motivo pelo qual o cão de raça terrier Jack Russell não parava um segundo entre os quartos da família.

De acordo com os bombeiros, o fogo começou perto da unidade de ar condicionado e espalhou-se muito rapidamente. A família, ainda assim, conseguiu escapar ilesa, graças ao alerta de Zippy.

Uma vez fora de casa, Leroy voltou a entrar para ir buscar Zippy, que não tinha saído, mas as chamas já eram demasiado intensas. "O chão da sala estava todo a arder, não havia sítio por onde ele pudesse fugir. O fumo estava muito intenso, e ele era muito pequeno", lembra Butler.

Zippy tinha sido adotado pela família Butler quando ainda era cachorrinho. "Ele avisava sempre quando estava alguém à porta. Com todo o fumo, mesmo assim ele fez o trabalho dele", lamenta o dono, em entrevista a um canal de televisão norte-americano.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório