Meteorologia

  • 23 OUTUBRO 2019
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 19º

Edição

Riade sofrerá mais ataques se não acabar guerra no Iémen, avisa Hezbollah

O líder da organização libanesa Hezbollah alertou hoje a Arábia Saudita de que irá sofrer novos ataques no seu território caso não ponha fim à guerra no Iémen, de acordo com a imprensa local.

Riade sofrerá mais ataques se não acabar guerra no Iémen, avisa Hezbollah

Num discurso transmitido na televisão do país, o líder do Hezbollah, Hassan Nasrallah, avisou a Arábia Saudita e os Emirados Árabes Unidos para não incitarem à guerra "porque as suas casas são feitas de vidro".

Nasrallah referiu que, se um ataque na Arábia Saudita interrompeu metade da produção de petróleo do país, então "o que fará outro ataque?".

O político libanês acrescentou que comprar mais defesas aéreas dos EUA não irá ajudar à defesa do reino, pois os rebeldes Huthis do Iémen têm mísseis e drones sofisticados.

A Arábia Saudita "deve pensar bem, pois uma guerra com o Irão significará a sua destruição", concluiu Nasrallah.

As declarações de Hassan Nasrallah surgem na sequência da intensificação das sanções financeiras dos Estados Unidos contra o Irão, após o governo do Presidente Donald Trump responsabilizar o país do Médio-Oriente dos ataques a instalações petrolíferas sauditas no fim de semana passado.

Os ataques com drones contra refinarias na Arábia Saudita foram reivindicados pelos rebeldes Huthis do Iémen, apoiados politicamente pelo Irão, afirmando que agiam como represália contra os ataques aéreos da coligação militar liderada por Riade no Iémen.

Apesar da reivindicação, a Arábia Saudita e os Estados Unidos responsabilizam o Irão pelos ataques.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório