Meteorologia

  • 22 NOVEMBRO 2019
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 18º

Edição

Ataque contra Arábia Saudita foi lançado de solo iraniano. EUA garantem

Os Estados Unidos têm a certeza que o ataque no sábado contra a Arábia Saudita foi realizado a partir de solo iraniano e que foram utilizados mísseis de cruzeiro, indicou hoje um responsável norte-americano à agência France Presse.

Ataque contra Arábia Saudita foi lançado de solo iraniano. EUA garantem
Notícias ao Minuto

17:30 - 17/09/19 por Lusa

Mundo EUA

A administração norte-americana está a preparar um dossier para provar as suas alegações e convencer a comunidade internacional, nomeadamente os europeus, na Assembleia-Geral das Nações Unidas na próxima semana, adiantou o responsável que não quis ser identificado.

Instalações petrolíferas em Abqaiq e Khurais, no leste da Arábia Saudita, foram atacadas no sábado, presumivelmente por aparelhos aéreos não tripulados ('drones'), levando a uma queda para cerca de metade da produção saudita de crude, à volta de 5,7 milhões de barris diários ou cerca de 6% da oferta global.

Embora o ataque tenha sido reivindicado pelos rebeldes iemenitas pró-iranianos Huthis, que regularmente disparam mísseis balísticos contra alvos no sul da Arábia Saudita e que atingiram a infraestrutura petrolífera do reino em maio e agosto, os serviços de informações norte-americanos dispõem de elementos que permitem localizar a origem dos tiros, precisou a mesma fonte.

Questionado sobre se Washington tem a certeza de que os mísseis partiram de solo iraniano, o responsável respondeu "sim".

Também respondeu afirmativamente em relação à utilização de mísseis de cruzeiro, recusando precisar o número de mísseis utilizado.

O presidente norte-americano, Donald Trump, declarou hoje que o Irão parecia estar por trás do ataque contra a Arábia Saudita, mas que queria "saber com certeza quem é o responsável", adiantando pretender "evitar" um conflito.

Teerão tem rejeitado as acusações sobre o seu envolvimento no ataque, que classificou de "insensatas" e "incompreensíveis".

A Arábia Saudita (sunita) combate desde meados de 2015 no Iémen os rebeldes Huthis, apoiados pelo Irão (xiita), o grande rival regional de Riade

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório