Meteorologia

  • 16 OUTUBRO 2019
Tempo
20º
MIN 13º MÁX 21º

Edição

Polícia dispersa manifestação de sindicatos no Burkina Faso

A polícia nacional do Burkina Faso dispersou hoje, com gás lacrimogéneo, centenas de manifestantes de mais de vinte sindicatos na capital do país, noticiaram hoje os órgãos de comunicação locais.

Polícia dispersa manifestação de sindicatos no Burkina Faso

De acordo com a Agência de Informação do Burkina Faso (AIB), durante a manhã de hoje, centenas de manifestantes responderam ao apelo da União de Ação Sindical (UAS) e agruparam-se em Ouagadougou contra a interdição de uma manifestação por parte das administrações locais e nacionais.

Os manifestantes foram parados pela polícia junto da sede do Estado-Maior do Exército, que então recorreu a gás lacrimogéneo.

O Governo e o presidente da câmara de Ouagadougou recusaram-se a permitir a realização de uma marcha por desrespeito dos prazos e devido à situação de insegurança no país, refere ainda a AIB.

Ainda assim, a UAS considera que está a realizar uma ação legal e legítima.

Alguns dos manifestantes, citados pelo portal Burkina24, referem que os meios policiais mobilizados para a manifestação deveriam ser deslocados para o combate ao terrorismo naquela nação da África Ocidental.

A marcha promovida pelas organizações da sociedade civil e sindicatos, a que se soma uma greve de 24 horas, estende-se por todo o país e pretende confrontar a atual administração do Burkina Faso, crimes económicos, a má gestão da crise de segurança.

O movimento pede ainda a saída das forças armadas estrangeiras no país.

No passado dia 09 de setembro, pelo menos 29 pessoas morreram em dois ataques diferentes, que o Governo atribuiu a grupos extremistas.

Em março, o Conselho de Segurança pediu ao Burkina Faso uma forte política de tolerância zero contra a corrupção e contra o terrorismo, com a realização de investigações completas para que os culpados sejam levados à justiça e sejam "sancionados".

 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório