Meteorologia

  • 14 NOVEMBRO 2019
Tempo
14º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

SMS foi para número errado, mas chegou à pessoa certa e ajudou Noah

Uma história de solidariedade entre desconhecidos. Tudo começou com um número errado e por causa de um menino doente.

SMS foi para número errado, mas chegou à pessoa certa e ajudou Noah

Há erros que vêm por bem. Não é assim o ditado, mas a adaptação aqui é certeira. Um engano que poderia ter sido apenas um engano, tornou-se numa história de solidariedade fortuita que merece a partilha.

A norte-americana Abby Fink pensou que estava a mandar mensagem ao seu amigo do grupo da igreja, Alex Jakeman. Alex tem um filho de quatro anos de idade, Noah, que está a lutar pela vida depois de ter tido um ataque epilético grave e Abby tem ajudado.

"Olá, irmão Jakeman, é a irmã Fink, vamos levar-te jantar amanhã. Queria saber a que horas te daria jeito", pode ler-se na mensagem, reproduzida abaixo. O SMS, porém, não chegou a Alex, porque Abby enganou-se no número.

"Oooh! O que é que me vais trazer? Sou alérgico a marisco", respondeu um estranho. Apercebendo-se do erro, Abby pediu desculpa pelo engano, mas não sem antes explicar que o jantar se destinava a um menino que estava nos cuidados intensivos.

Notícias ao MinutoMensagens trocadas entre Abby e Bill© Reprodução

"O que é que eu posso fazer para ajudar?", respondeu, prontamente, o estranho, que se chama Bill. Em entrevista à CNN, Bill explicou que começou uma angariação de fundos nas redes sociais, mas não só. O norte-americano está a recolher doações de sangue, presentes e cartões com mensagens, para Noah, e doações em dinheiro, para ajudar a família Jakeman com as despesas.

O homem, que não quis revelar a sua identidade, disse acreditar que "só nos temos uns aos outros". "É o nosso dever olharmos uns pelos outros", afirmou.

Notícias ao MinutoNoah está nos cuidados intensivos© Reprodução

Noah tem Síndrome de Lennox-Gastaut ou encefalopatia epilética da infância, que é uma síndrome epilética pediátrica grave. O menino tem várias fragilidades, ao nível dos ossos e do desenvolvimento do cérebro, para além de autismo e problemas de fala e locomoção.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório