Meteorologia

  • 14 OUTUBRO 2019
Tempo
15º
MIN 13º MÁX 19º

Edição

Justiça checa arquiva caso de suspeita de fraude contra primeiro-ministro

O Ministério Público da República Checa anunciou hoje o arquivamento do caso contra o primeiro-ministro, o populista Andrej Babis, em que era acusado de fraude envolvendo subsídios da União Europeia (UE).

Justiça checa arquiva caso de suspeita de fraude contra primeiro-ministro

A decisão, tomada depois da análise de uma recomendação da polícia para que Babis fosse acusado, pode ser anulada pelo Procurador-Geral.

O caso, que em junho motivou uma moção de censura da oposição que Babis acabou por superar, partiu de um relatório preliminar da Comissão Europeia segundo o qual cerca de dois milhões de euros de fundos europeus foram atribuídos a empresas do grupo agroalimentar Agrofert, fundado por Babis.

Os subsídios europeus destinavam-se a pequenas e médias empresas, pelo que a Agrofert, um conglomerado de mais de 250 empresas, não cumpria os critérios.

As autoridades europeias e a polícia checa concluíram que Babis transferiu a Agrofert para uma série de empresas em nome da mulher e outros familiares para se poder candidatar aos subsídios.

Babis nega qualquer irregularidade ou conflito de interesses e alega que a investigação europeia "contém erros".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório