Meteorologia

  • 19 SETEMBRO 2019
Tempo
21º
MIN 17º MÁX 27º

Edição

Sudaneses voltam às ruas para exigir reformas judiciárias

Milhares de sudaneses manifestaram-se hoje nas ruas da capital, Cartum, exigindo a demissão do responsável pelos serviços prisionais e do procurador geral da república por causa das suas supostas ligações ao Governo de Omar al-Bashir.

Sudaneses voltam às ruas para exigir reformas judiciárias
Notícias ao Minuto

15:53 - 12/09/19 por Lusa

Mundo Sudão

Os manifestantes agitaram bandeiras sudanesas em marcha para o palácio presidencial, agora sede do conselho soberano civil e militar, constituído no mês passado, na sequência do acordo de partilha do poder entre manifestantes pró-democracia e os generais (militares), que assumiram a governação do país depois do Presidente al-Bashir ter sido deposto, em abril último.

O Sudão conta com um Conselho Soberano na sequência da assinatura em 17 de agosto de um acordo histórico entre o conselho militar de transição, que sucedeu a al-Bashir, e os líderes dos protestos.

O Conselho Soberano integra cinco militares e cinco civis, além de um 11.º membro eleito pelos restantes.

Segundo o acordado entre os militares e a oposição, o país tem também um Conselho de Ministros e um Conselho Legislativo transitórios até à realização de eleições democráticas, previstas para daqui a três anos.

O acordo estabelece as grandes linhas do período de transição.

O líder do protesto de hoje, Ahmed Rabie, da Associação de Profissionais do Sudão, criticou a falta de reformas na justiça e disse que esta "deve ser uma prioridade para o período de transição".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório