Meteorologia

  • 19 SETEMBRO 2019
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 27º

Edição

Casal perde custódia do filho por recusar submetê-lo a quimioterapia

A criança sofre de leucemia e os pais preferiram que fosse tratado com canábis, uma terapia de oxigénio, ervas e água alcalina.

Casal perde custódia do filho por recusar submetê-lo a quimioterapia

Um casal da Flórida perdeu a custódia do seu filho de quatro anos de idade, a quem foi diagnosticado leucemia linfoblástica aguda, porque recusaram submeter a criança a quimioterapia, de acordo com a BBC. Um tribunal da Flórida decidiu retirar-lhes a custódia do menino esta segunda-feira e ordenou que a criança fosse entregue à avó.

A criança foi diagnosticada com a doença em abril e os pais, Taylor Bland e Joshua McAdams, optaram por um tratamento alternativo baseado em canábis, uma terapia de oxigénio, ervas e água alcalina.

Em maio, a criança não compareceu a uma sessão de quimioterapia e os pais fugiram com o menino do estado da Flórida. As autoridades encontraram-nos no Kentucky. Para além de ter sido ordenado que a criança ficasse sob a guarda da avó, a justiça também ordenou que recebesse o tratamento médico padrão, ou seja, a quimioterapia.

A advogada dos pais disse aos meios de informação norte-americanos que os pais estão “devastados” e ponderaram apresentar recurso.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório