Meteorologia

  • 19 SETEMBRO 2019
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 27º

Edição

Apreendida carne de marca na origem do surto de listeriose em Espanha

Uma "pequena quantidade de carne" da empresa Magrudis que foi comercializada como marca branca foi apreendida "de forma preventiva", informaram hoje a Câmara Municipal de Sevilha e a Junta da Andaluzia.

Apreendida carne de marca na origem do surto de listeriose em Espanha
Notícias ao Minuto

19:00 - 23/08/19 por Lusa

Mundo Listeriose

Produtos da empresa Magrudis estão na origem de um surto de listeriose em Espanha que foi detetado em 15 de agosto e já afetou 186 pessoas, provocou pelo menos um morto e levou a hospitalização de 99 pessoas. Entre os hospitalizados estão 31 mulheres grávidas.

O produto comercializado como marca branca foi distribuído pela empresa Martínez León, da cidade de Brenes, que agora será analisada para ver se está contaminada, explicou o delegado do Consistório de Saúde de Sevilha, Juan Manuel Flores, e o vice-diretor-geral de Proteção à Saúde do Conselho, Jesús Peinado.

Juan Flores indicou também que as análises "preliminares" efetuadas em todos os produtos Magrudis, em Sevilha, onde teve origem o surto de listeriose, testaram a existência da bactéria nas especialidades de lombo com xerez e lombo com pimenta.

As análises foram realizadas em 20 de agosto e ainda não existem resultados.

Os serviços municipais foram informados em 21 de agosto que um comerciante de Brenes poderia estar a vender carne contaminada.

As autoridades municipais verificaram que a empresa Martínez León estava fechada para férias, embora conseguissem contactar alguns dos seus funcionários, que ajudaram os inspetores a entrar nas instalações na manhã de hoje retendo o lote "pequeno" de carne da empresa Magrudis comercializada com um rótulo branco.

Os clientes que poderiam ter recebido esta carne também foram identificados.

Jesús Peinado explicou que a investigação para esclarecer a origem da contaminação da carne "não é fácil ou rápida".

Entretanto a associação Facu-Consumidores em Ação apresentou hoje uma queixa contra a empresa Magrudis SL, por um possível crime contra a saúde pública.

Em Portugal, a Direção Geral de Alimentação e Veterinária esclareceu na quarta-feira que a carne contaminada com a bactéria 'Listeria monocytogenes' da marca "La Mechá" e os produtos com origem no fabricante (Magrudis) espanhol, não são comercializados em território português.

A listeriose é uma infeção causada pela bactéria 'Listeria monocytogenes', habitualmente associada ao consumo de alimentos contaminados. De acordo com informação disponível no 'site' SNS24 do Serviço Nacional de Saúde, a listeriose pode causar febre, calafrios, dores musculares, enjoo, vómitos, diarreia.

A Direção Geral de Alimentação e Veterinária alerta os viajantes que tenham como destino as regiões de Madrid e Andaluzia, para a necessidade de adoção de medidas preventivas, nomeadamente a eliminação de produtos da marca que eventualmente possam ter adquirido.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório