Meteorologia

  • 17 SETEMBRO 2019
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 27º

Edição

Ativista brasileira vai presidir a Conferência nas Nações Unidas

A ativista brasileira Maruxa Cardama vai presidir à Conferência da Sociedade Civil da Organização das Nações Unidas (UNCSC), que espera reunir mais de 4.000 participantes em Salt Lake City, nos Estados Unidos, na próxima semana.

Ativista brasileira vai presidir a Conferência nas Nações Unidas
Notícias ao Minuto

21:42 - 22/08/19 por Lusa

Mundo Maruxa Cardama

Subordinada ao tema da sustentabilidade das cidades, a 68.ª Conferência da Sociedade Civil realiza-se entre 26 e 28 de agosto, pela primeira vez numa cidade dos Estados Unidos fora de Nova Iorque e 40% dos participantes serão jovens.

Maruxa Cardama disse hoje, por chamada telefónica aos jornalistas na Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova Iorque, que a conferência vai focar-se no 11.º objetivo de desenvolvimento sustentável adotado pela ONU: "Cidades e comunidades sustentáveis".

A conferência pretende ser uma plataforma de ligação da comunidade internacional para tornar as cidades mais sustentáveis e combater os efeitos das alterações climáticas, declarou a ativista brasileira.

Secretária-geral da Parceria SLoCaT para transportes sustentáveis e com baixas emissões de carbono, Maruxa Cardama acrescentou que entre os assuntos a abordar estarão a tecnologia, inclusão, mudanças climáticas e papel da juventude.

Alison Smale, sub-secretária-geral da ONU para as comunicações globais, referiu que se trata de "uma conversação global" sobre como se transformar as cidades e comunidades "mais prósperas, saudáveis e sustentáveis".

A Conferência da Sociedade Civil vai ter representação da NGO/DPI, uma agência da ONU com um conjunto de mais de 1.500 organizações não-governamentais, dirigida por Fannie Munlin, presidente da conferência em 2003.

No final, a UNCSC vai adotar uma declaração conjunta com um plano de ação para a sustentabilidade, que as organizações poderão pôr em prática e que vai ser partilhado com a comunidade internacional.

A conferência conta também conta com jovens líderes, dos quais Rosleny Ubiñas, que anunciou a existência de um espaço - o "Youth Hub" -, para os jovens poderem encontrar pessoalmente representantes da ONU e líderes políticos.

Rosleny Ubiñas adiantou que os jovens vão ajudar na discussão e criação de políticas ambientais e iniciativas inovadoras, e propor estilos de vida mais saudáveis e amigos do ambiente, sendo que esta será a primeira vez que muitas pessoas vão estar em contacto direto com a ONU.

Segundo a presidente da conferência, Maruxa Cardama, a UNCSC vai tentar encontrar formas de dar mais poder de decisão a cada pessoa, pequenas comunidades, governos locais e organizações não-governamentais para um mundo melhor.

A UNCSC vai proporcionar sessões de debate, 'workshops' e eventos culturais e desportivos por toda a cidade de Salt Lake City e em Nova Iorque e vai terminar com a pintura de um mural, que será uma representação do tipo de cidades e comunidades que se pretendem no mundo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório