Meteorologia

  • 16 SETEMBRO 2019
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 26º

Edição

Situação a bordo do 'Ocean Viking' deteriora-se todos os dias

Um médico a bordo do navio 'Ocean Viking', com 356 pessoas resgatadas ao largo da Líbia, disse hoje que a situação se deteriora todos os dias e defendeu o desembarque imediato dos migrantes num local seguro.

Situação a bordo do 'Ocean Viking' deteriora-se todos os dias
Notícias ao Minuto

13:29 - 22/08/19 por Lusa

Mundo Médico

"Há 13 dias que 356 pessoas vulneráveis estão presas a bordo do 'Ocean Viking. Todos os dias vemos a situação deteriorar-se", indicou Luca Pigozzi num balanço da situação a bordo da embarcação de buscas e salvamento fretada pelos Médicos sem Fronteiras (MSF) e o SOS Méditerranée.

O médico alerta que há pessoas a bordo cuja condição médica se pode tornar crítica de um momento para o outro e exigir que sejam retirados e defende que "todas as 356 pessoas a bordo devem poder desembarcar num local seguro agora".

A embarcação fez vários pedidos a Malta e Itália para o desembarque dos migrantes, sem sucesso.

Num comunicado dos MSF, Pigozzi conta que observou "vítimas de violência sexual" e tratou "pessoas que sofreram espancamentos brutais, eletrocussão, tortura, (...) e também ferimentos relacionados com a guerra", adiantando que um terço dos seus pacientes são menores.

O médico questiona os líderes europeus acerca do "trauma" por que passam os migrantes e pede "uma intervenção urgente agora".

"Imploro aos Estados europeus que encontrem a sua humanidade e ponham fim a esta desgraça", refere Pigozzi.

No caso do navio "Open Arms", os migrantes estiveram a bordo 19 dias antes de serem autorizados na terça-feira a desembarcar na ilha de Lampedusa pela justiça italiana, que determinou ainda a apreensão da embarcação.

O "Open Arms" resgatou, em 01 de agosto, 147 pessoas do mar Mediterrâneo ao largo da Líbia, mas os dois países mais próximos, Itália e Malta, recusaram-lhe o acesso aos seus portos.

Duas semanas depois, a organização não-governamental espanhola que opera o navio, a Proativa Open Arms, avisou que a situação estava "fora de controlo", num vídeo gravado numa lancha frente ao navio.

Saudando na quarta-feira o desembarque dos migrantes do "Open Arms", a porta-voz do executivo comunitário Natasha Bertaud disse que a Comissão Europeia espera que "o mesmo espírito de solidariedade seja demonstrado para com o 'Ocean Viking'".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório