Meteorologia

  • 17 OUTUBRO 2019
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 22º

Edição

Tratador foi morto por leões em cativeiro. Animais abatidos a tiro

Leon van Biljon tinha 70 anos e estava a consertar a cerca do cativeiro quando foi atacado.

Tratador foi morto por leões em cativeiro. Animais abatidos a tiro

Leon van Biljon tinha 70 anos e era conhecido como o 'Homem Leão'. Foi morto por leões que viviam em cativeiro numa reserva de caça enquanto consertava a cerca do recinto.

Detalha a imprensa internacional que os serviços de emergência foram chamados ao local e encontraram o homem já com uma extensa hemorragia. Porém, os socorristas não se puderam aproximar da vítima ferida pela presença dos leões.

Com efeito, os dois leões e uma leoa, que viviam no Mahala View Lion Game Lodge em Hammanskraal, norte de Pretória, na África do Sul, foram abatidos para que as equipas de emergência pudessem prestar socorro.

Uma fonte revelou ao britânico Mirror que "Leon entrou para consertar a cerca e conhecia bem os leões. Mas quando virou costas, um dos animais atacou-o por trás e feriu-o no pescoço. Nada podia ser feito para o salvar".

Leon van Biljon era conhecido por dar palestras exclusivas sobre leões, nomeadamente no que à alimentação dos animais e passeios para turistas diz respeito. Desde então, vários ativistas têm erguido a voz contra as autoridades por terem abatido os leões.

“Mais uma morte causada por um leão criado por humanos em cativeiro e usado como uma 'ferramenta educacional' para o público”, escreveu a associação de defesa dos animais, Captive Wildlife Watchdog, no Facebook.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório