Meteorologia

  • 19 SETEMBRO 2019
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 27º

Edição

Haddad condenado a quatro anos e meio de prisão em regime semiaberto

Ex-candidato presidencial vai recorrer da decisão.

Haddad condenado a quatro anos e meio de prisão em regime semiaberto

O ex-prefeito da cidade de São Paulo e candidato presidencial nas últimas eleições brasileiras, Fernando Haddad, foi condenado a quatro anos e meio de cadeia em regime semiaberto.

Em causa, adianta a imprensa brasileira, está um crime de "falsidade ideológica" com fins eleitorais que data da altura da campanha eleitoral municipal de 2012.

A defesa de Fernando Haddad vai recorrer da decisão.

O juiz considerou que a campanha de Haddad não terá declarado devidamente os gastos, ao prestar contas com material gráfico inexistente. Para a defesa, a decisão não é sustentada.

A defesa de Haddad reagiu em comunicado: não há provas para tal e que “a sentença é nula por carecer de lógica. O juiz absolveu Fernando Haddad de lavagem de dinheiro e corrupção, crimes dos quais ele não foi acusado. Condenou-o por centenas de falsidades quando a acusação mal conseguiu descrever uma. A lei estabelece que a sentença é nula quando condena o réu por crime do qual não foi acusado".

Fernando Haddad foi o candidato do PT - sucedendo a Lula da Silva, condenado por corrupção - que disputou a segunda volta com o agora presidente brasileiro, Jair Bolsonaro.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório