Meteorologia

  • 17 SETEMBRO 2019
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 27º

Edição

Assessor económico de Trump confirma interesse na compra da Gronelândia

O principal assessor económico da Casa Branca, Larry Kudlow, confirmou hoje que o Presidente dos EUA, Donald Trump, "está interessado" em comprar a Gronelândia, apesar de o território autónomo ultramarino da Dinamarca dizer que não está à venda.

Assessor económico de Trump confirma interesse na compra da Gronelândia
Notícias ao Minuto

19:56 - 18/08/19 por Lusa

Mundo Gronelândia

Kudlow afirmou à Fox News Sunday que não quer prever o que pode acontecer, mas chama à Gronelândia -- que se situa entre o Atlântico e o Ártico -- "um lugar estratégico" com "muitos minerais valiosos".

Os militares dos Estados Unidos operam a partir da Base Aérea de Thule, na Groenlândia, há décadas.

Esta é a base mais a norte dos Estados Unidos e faz parte da rede militar global de radares e outros sensores de alerta para mísseis balísticos e de vigilância espacial.

O suposto interesse do Presidente norte-americano pela compra da Gronelândia, foi noticiado na sexta-feira pela imprensa norte-americana, o que está a ser encarado com humor e ironia pelos políticos dinamarqueses.

"Deve ser uma 'piada de 01 de abril' completamente fora de tempo", disse na sexta-feira através da rede social Twitter o ex-primeiro-ministro da Dinamarca e atual líder da oposição, Lars Lokke Rasmussen, referindo-se ao "dia das mentiras".

A Gronelândia é um dos territórios autónomos ultramarinos do Reino da Dinamarca colonizado há três séculos.

A ilha com mais de dois milhões de quilómetros quadrados (80% do território está coberto de gelo permanentemente) é habitada atualmente por 56 mil pessoas.

Segundo a imprensa dos Estados Unidos, Trump mencionou a questão várias vezes nas últimas semanas durante reuniões e encontros privados.

Durante a II Guerra Mundial (1939-1945), com a Dinamarca ocupada pela Alemanha nazi, os Estados Unidos ocuparam temporariamente a Gronelândia.

Depois de 1945, os Estados Unidos construíram no território a base aérea de Thule, que desempenhou um papel importante durante a Guerra Fria e que continua ativa.

Donald Trump vai visitar a Dinamarca nos próximos dias 02 e 03 de setembro, sendo que um dos assuntos na agenda política é a base aérea na Gronelândia. A sua deslocação a este país realiza-se no âmbito de um périplo pela Europa.

De acordo com o programa disponível da visita, Trump deve-se reunir com o presidente da região autónoma, além do encontro com a primeira-ministra da Dinamarca, Mete Frederiksen.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório