Meteorologia

  • 14 OUTUBRO 2019
Tempo
16º
MIN 13º MÁX 19º

Edição

"É o meu herói". Menina de seis anos faz homenagem ao seu dador de órgãos

Jovem de 22 anos morreu com uma hemorragia cerebral mas, antes de serem desligadas as máquinas, salvou 50 pessoas.

"É o meu herói". Menina de seis anos faz homenagem ao seu dador de órgãos
Notícias ao Minuto

23:35 - 17/08/19 por Natacha Nunes Costa 

Mundo Doação de órgãos

o meu herói!”. É assim que Fátima, uma menina britânica de apenas seis anos, descreve o jovem dador que lhe salvou a vida ao doar o fígado, depois de morrer com uma hemorragia cerebral.

A gratidão foi demonstrada esta semana, no programa Breakfast, transmitido pela BCC. Em estúdio, além da mãe de Fátima, Lubna, estava a mãe de Tom, o jovem que salvou não só a criança de quem lhe falamos como também outras 49 pessoas.

Tom, contou a mãe Lisa, tinha aos 22 anos uma vida “perfeita”. Trabalhava em Londres como agente imobiliário, tinha um grande apartamento e uma “linda” namorada. Contudo, a vida pregou-lhe uma partida e, ao ser atingido com um taco de hóquei, sofreu uma hemorragia cerebral.

O caso remonta a dezembro de 2015. Logo que chegou ao hospital, os médicos confirmaram que Tom tinha sofrido ferimentos demasiado graves para recuperar. E informaram os pais.

Lisa revela que nem pensaram duas vezes em doar os órgãos do filho, visto que este já tinha tomado essa decisão aos 18 anos, ao inscrever-se como dador.

Passados quase quatro anos do acidente, Lisa ainda se emociona ao falar do filho, mas revela com orgulho que Tom salvou a vida a 50 pessoas ao doar os órgãos.

Durante o programa de televisão, Fátima agradeceu a Lisa por ter aceitado o desejo do filho e deu-lhe um desenho, feito por ela e inspirado no seu “herói”.

Lisa acabou por revelar que, oito semanas depois de o filho morrer, o marido também morreu como uma septicemia (infeção generalizada) e que foi difícil ultrapassar estes dois choques. Contudo, com a ajuda da filha, Pippa, focou todas as suas forças em criar uma instituição de caridade – a Tom Wilson Memorial Fund - , para contar a história do filho e ajudar a sensibilizar a população para a doação de órgãos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório