Meteorologia

  • 19 OUTUBRO 2019
Tempo
17º
MIN 14º MÁX 19º

Edição

As últimas palavras de Stephen West, executado por matar mãe e filha

Norte-americano foi esta quinta-feira executado em Nashville, no estado do Tennessee.

As últimas palavras de Stephen West, executado por matar mãe e filha

Stephen West tornou-se esta quinta-feira no terceiro prisioneiro a ser executado no Tennessee desde novembro do ano passado. A execução teve lugar na prisão de segurança máxima de Riverbend, em Nashville.

O norte-americano, agora com 56 anos, estava condenado pelo homicídio de Wanda Romines, de 51 anos, e a sua filha, Sheila Romines, de 15 anos, em 1986.

Sempre se disse inocente, colocando as culpas no seu cúmplice, Ronnie Martin, que na altura tinha 17 anos. Uma versão que foi rejeitada pelo Supremo Tribunal.

As últimas palavras de West, que tinha 23 anos na altura do crime, foram passagens da Bíblia. "No início, Deus criou o Homem", disse, tendo começado a chorar. "E Jesus chorou. É tudo", terminou, citado pela CBS News.

De acordo com a Fox News, a sua última refeição foi uma sandes de carne de vaca com queijo e batatas fritas.

O condenado preferiu morrer na cadeira elétrica, ao invés de receber a injeção letal. A opção é disponibilizada aos detentos condenados à morte naquele estado norte-americano, cujos crimes se tenham realizado antes de 1999.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório