Meteorologia

  • 19 SETEMBRO 2019
Tempo
24º
MIN 17º MÁX 27º

Edição

Três anos de prisão para agente da polícia que violou vítima de violação

Detetive da polícia de Los Angeles estava a investigar denúncia de violação da vítima, em 2017.

Três anos de prisão para agente da polícia que violou vítima de violação

Foi condenado a três anos de prisão o detetive da polícia de Los Angeles que violou uma jovem de 15 anos, em 2017, enquanto investigava um crime de violação por ela reportado, avança o LA Times.

Neil David Kimball, de 46 anos, tinha-se declarado culpado de ato obsceno com uma criança e violação, em julho passado. Agora, foi condenado a uma pena efetiva de três anos numa prisão estadual, assim como ao pagamento de uma indemnização de 50 mil dólares à vítima.

O detetive conheceu a vítima quando estava destacado na unidade especial da polícia de Los Angeles dedicada a vítimas de abusos sexuais. Durante a investigação ao caso da jovem, tornou-se "próximo" da mesma. A violação ocorreu mais tarde, na casa do agente, com a vítima amarrada pelos membros e amordaçada.

Acabou por ser detido em novembro de 2018 depois de uma queixa feita pelo pai da jovem a outro investigador. Durante as perícias, uma outra vítima de abuso sexual queixou-se de comportamento inapropriado por parte de Kimball, quando este trabalhava na seu caso.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório