Meteorologia

  • 04 ABRIL 2020
Tempo
17º
MIN 11º MÁX 18º

Edição

Dois corpos encontrados no Canadá serão de suspeitos de homicídio em fuga

Primeiro foram dados como desaparecidos. Afinal, eram suspeitos em fuga. Agora, autoridades acreditam que encontraram os corpos dos dois jovens.

Dois corpos encontrados no Canadá serão de suspeitos de homicídio em fuga

Num primeiro momento, Kam McLeod, de 19 anos, e Bryer Schmegelsky, de 18, foram considerados desaparecidos. Depois passaram a ser suspeitos de duplo homicídio, e mais tarde de um terceiro homicídio. Durante semanas, o seu paradeiro foi incerto. As autoridades canadianas encontraram dois corpos que acreditam ser dos dois jovens.

Para entender esta história é preciso recuar quase um mês.

A 12 de julho, os dois suspeitos adiantaram a familiares que iam partir para o Alasca, em busca de trabalho. 

No dia seguinte, um casal era filmado a abraçar-se numa bomba de gasolina na Colúmbia Britânica.

São Chynna Deese, de 24 anos, e Lucas Fowler, de 23. Ela vem dos Estados Unidos, ele vem da Austrália. É a última vez que o casal de turistas é filmado com vida em público. São baleados. Os seus corpos são encontrados a 15 de julho numa estrada.

Notícias ao Minuto[Kam McLeod, de 19 anos, e Bryer Schmegelsky, de 18, são suspeitos de três homicídios]© Reprodução

Nesta altura, os jovens que viriam a tornar-se suspeitos estão apenas dados como desaparecidos. A 19 de julho é encontrado o carro dos jovens, incendiado. A cerca de dois quilómetros do veículo é encontrado o corpo de um homem de 64 anos. É Leonard Dyck, professor universitário de Vancouver. Também foi baleado.

As buscas viram caça ao homem, em que até o Exército participa. A 22 de julho, os jovens são avistados. A fuga prossegue Nas semanas seguintes as autoridades canadianas procuram pelos dois jovens suspeitos, em zonas remotas, de floresta e montanha.

Os dois corpos foram encontrados a cerca de um quilómetro de onde a Real Polícia Montada do Canadá havia descoberto "provas relevantes" e a oito quilómetros de onde o carro incendiado fora descoberto. Os dois corpos pertencerão aos dos suspeitos das três mortes. A autópsia irá permitir confirmar as identidades e perceber a causa da morte.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório