Meteorologia

  • 23 SETEMBRO 2019
Tempo
23º
MIN 14º MÁX 25º

Edição

Mãe e pai deram a vida para proteger o filho em El Paso

Casal completava um ano de casamento mas não chegou a comparecer ao evento que visava festejar a data.

Mãe e pai deram a vida para proteger o filho em El Paso

O marido de Jordan Anchondo, mulher que deu o 'corpo às balas' no tiroteio no Walmart de El Paso, para salvar o filho, também morreu no ataque.

A família e amigos de Andre procuraram pelo homem durante várias horas após o tiroteio que aconteceu no sábado, no Texas. Este domingo, o seu irmão viria anunciar que Andy é uma das vítimas mortais daquele que é considerado o pior massacre do ano nos EUA.

"É oficial.. Ele partiu", escreveu o homem no Facebook.

André e Jordan, de 24 e 25 anos, respetivamente, tinham deixado a filha de seis anos nos treinos de dança e deslocaram-se ao Walmart com o filho de dois meses para comprar material escolar e artigos de festa. O casal completava um ano de casamento e preparava-se para fazer uma festa naquele sábado. Mas nunca chegaram a comparecer ao evento, escreve o New York Post.

Jordan Anchondo, mãe de três crianças, foi baleada mortalmente enquanto segurava o filho de dois meses de idade. A criança sobreviveu, recebendo tratamento para fraturas, que terão sido resultado da queda da mãe.

O casal e outras 18 pessoas perderam a vida este sábado quando Patrick Crusius, norte-americano de 21 anos de idade, entrou na superfície comercial de El Paso, na fronteira com o México, e começou a disparar indiscriminadamente.

O atirador terá deixado um manifesto, publicado 'online', onde critica "a invasão hispânica do Texas". Entre as 20 vítimas mortais estão três pessoas de nacionalidade mexicana, conforme adiantou através das redes sociais Andrés Manuel López Obrador, o presidente do México.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório