Meteorologia

  • 20 AGOSTO 2019
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 18º

Edição

Em sete dias, quatro tiroteios e 34 pessoas mortas por armas nos EUA

Este fim de semana foi marcado, nos Estados Unidos, por dois ataques armados, com menos de 14 horas de diferença. Durante a semana passada, porém, tinham ocorrido dois outros ataques.

Em sete dias, quatro tiroteios e 34 pessoas mortas por armas nos EUA

Só na última semana, morreram 34 pessoas e mais de 50 ficaram feridas em ataques armados ocorridos nos Estados Unidos. O penúltimo, em El Paso, no Texas, onde morreram 20 pessoas, é o mais mortífero do ano, para já.

El Paso, Texas, 20 mortos

A superfície comercial Walmart estava com muita gente este sábado, sendo que está a começar o ano escolar nos Estados Unidos e os pais acorrem a este tipo de loja. A localização é importante: a loja fica em El Paso, na fronteira com o México e o Novo México. Muitas pessoas atravessam a fronteira para frequentar aquele armazém comercial.

Patrick Crusius, branco, americano, de 21 anos, é suspeito da autoria do ataque. Natural de Allen, perto de Dallas, no Texas, o jovem entrou no parque de estacionamento do Walmart e começou a disparar. No total, morreram pelo menos 20 pessoas e 26 ficaram feridas. Pelo menos, três das vítimas mortais têm nacionalidade mexicana, assim como seis dos feridos.

O governador do Texas, Greg Abbott, indicou que o caso será tratado “como um caso de homicídio agravado e como um crime de ódio”.

Dayton, Ohio, nove mortos (mais atirador)

Menos de 14 horas depois do tiroteio em El Paso, um suspeito abriu fogo sobre uma zona de bares, na cidade de Dayton, em Ohio, matando nove pessoas e ferindo outras 16, antes de ser abatido pela polícia.

O ataque teve lugar por volta da 1h da madrugada deste domingo (hora local, 6h da manhã em Lisboa), numa zona de entretenimento com bares e discotecas. O suspeito, que ainda não foi identificado pela polícia, tinha uma arma de fogo e várias munições.

Southaven, Mississippi, dois mortos

O crime ocorrido dentro do Walmart não foi o primeiro nos últimos dias. Na manhã do dia 30 de julho, um empregado descontente entrou na superfície onde trabalhava, em Southaven, no Mississippi e matou dois colegas.

O suspeito tinha sido suspenso uns dias antes de ter cometido o crime porque mostrou uma faca a um colega, segundo indicou um porta-voz da empresa.

As vítimas mortais do ataque são Anthony Brown, de 40 anos de idade, e Brandon Gales, de 38 anos.

Gilroy, Califórnia, três mortos (mais atirador)

O primeiro incidente desta última (e trágica) semana aconteceu no último domino, dia 28 de julho (29 de julho nos Estados Unidos). Três pessoas foram mortas num ataque a um festival de gastronomia na cidade de Gilroy, no norte da Califórnia.

Um adolescente de 19 anos de idade, vestindo roupa de combate e empunhando uma espingarda automática, começou a disparar para a multidão no local, indicou a CNN. Matou Stephen Romero, um menino de seis anos, Keyla Salazar, uma menina de 13, e Trevor Irby, de 25 anos.

O atirador tentou fugir e envolveu-se numa troca de tiros com a polícia, mas acabaria por morrer por suicídio. As autoridades encontraram material com conteúdo extremista na sua casa.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório