Meteorologia

  • 23 SETEMBRO 2019
Tempo
23º
MIN 14º MÁX 25º

Edição

Dão à luz no mesmo dia em hospital e vivem 20 dias com o filho errado

A polícia continua a investigar o caso para perceber o que esteve na origem da troca.

Dão à luz no mesmo dia em hospital e vivem 20 dias com o filho errado

É uma história que emocionou o Brasil. José Miguel e Murillo Henrique nasceram no mesmo hospital e ditou o destino que, após o seu primeiro banho, fossem trocados e entregues às mães erradas.

Durante vinte dias, Aline e Pauliana dedicaram-se em exclusivo a uma criança que não era afinal seu filho. O erro foi descoberto e esta quinta-feira as mulheres encontraram-se para devolver os filhos aos pais biológicos. Um momento que definem como de "alívio e perda".

Segundo a Globo, as duas crianças tomaram banho ao mesmo tempo, sendo que as suas roupas foram trocadas, e os bebés colocados ao lado das mães erradas.

As suas pulseiras de identificação contudo tinham os nomes corretos, mas uma delas acabou por se soltar e cair. Uma das avós terá encontrado a pulseira e confrontado uma enfermeira com a situação, mas esta garantiu-lhe que não havia erro nenhum e que as pulseiras se calhar tinham sido trocadas na hora do banho mas que os bebes estavam com as mães certas.

O erro foi descoberto por Genésio e Pauliana, que estranharam o facto de o bebé não apresentar nenhuma parecença com nenhum deles e decidiram realizar um teste de ADN por iniciativa própria. O teste confirmou a suspeita de que aquele não seria o seu filho. Uma queixa à polícia foi apresentada e o caso ganhou destaque na imprensa brasileira.

Aline e Murillo que tinham sido pais no mesmo dia, e partilhado o quarto com o casal anterior, decidiu por instinto realizar os mesmos procedimentos e viriam a descobrir que aquele também não era o seu filho.

A suspeita de que as duas crianças tinham sido trocadas ganhou força e enquanto novos testes de ADN eram realizados, as duas famílias foram colocadas a viver juntas, para uma fase que se pode dizer de adaptação mas também de despedida.

Esta quinta-feira, e após a confirmação da troca, as duas famílias receberam em seus braços o seu verdadeiro filho, num ato que dizem ter sido de despedida, mas que manterá estas duas famílias unidas para sempre. Isto porque foram criados laços de amor durante estes 20 dias, a que nenhum dos pais quer virar as costas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório