Meteorologia

  • 18 SETEMBRO 2019
Tempo
21º
MIN 16º MÁX 27º

Edição

Mulher escreveu texto de homenagem às filhas depois de as matar

Mãe das crianças tornou-se na principal suspeita do crime depois de as autoridades terem descoberto que pesquisou no google como asfixiar alguém.

Mulher escreveu texto de homenagem às filhas depois de as matar

Louise Porton tem 23 anos, é natural de Birmingham, no Reino Unido, e foi considerada culpada pelo tribunal que lhe atribui a responsabilidade pela morte das duas filhas.

Ao longo das cinco semanas de julgamento, o tribunal deu como provado que Louise sufocou a filha mais velha, de três anos, a 15 de janeiro do ano passado, sendo que no dia seguinte aceitou 41 pedidos de amizade numa aplicação de encontros amorosos.

De acordo com a imprensa britânica, a mulher foi vista a rir e a fazer uma vídeo-chamada com um homem durante as cerimónias fúnebres.

Poucos dias depois, a 1 de fevereiro, a filha mais nova, de 17 meses, teve o mesmo destino que a irmã, ao ser asfixiada pela mãe.

Meses depois do sucedido, Louise recorreu ao Facebook para prestar homenagem às duas filhas.

“Os anjos da mamã foram tirados de mim demasiado cedo. Nunca serão esquecidas”, escreveu a mulher de acordo com o jornal Metro.

O juiz considerou que as crianças se tornaram num "fardo" para a mãe porque a impediam de fazer tudo aquilo que queria, incluindo os encontros que marcava com homens e com os quais mantinha relações sexuais a troco de dinheiro.

No entanto, Louise nega esta versão e garante não ser a responsável pela morte das crianças: “As minhas filhas nunca foram uma inconveniência para mim. Eu adaptei o meu estilo de vida e a minha vida pessoal em torno delas”. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório