Meteorologia

  • 20 NOVEMBRO 2019
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 15º

Edição

Polémica em Itália por causa de foto de turista detido por matar polícia

Divulgação de imagem, onde detido aparece vendado, causou onda de críticas. Ministro do Interior italiano reagiu partilhando a fotografia.

Polémica em Itália por causa de foto de turista detido por matar polícia

A polícia italiana abriu uma investigação a uma imagem que começou a circular na imprensa e nas redes sociais, onde se mostra um turista norte-americano detido por ter assassinado um agente de polícia com os olhos vendados numa esquadra, em Roma.

O primeiro jornal a divulgar a imagem foi o Corriere della Sera, sendo que depois acabou por se tornar viral nas redes sociais, onde se levantou uma onda de críticas. A polémica chegou ao ministro do Interior, Matteo Salvini, que partilhou a imagem.

“A quem lamenta que o detido esteja de olhos vendados, relembro que a única vítima por quem temos de chorar é um homem, um filho, um marido de 35 anos, um Carabinieri, um servente da Pátria que morreu em serviço às mãos de pessoas que, se são culpadas, merecem pena de prisão perpétua”, escreveu o governante, na legenda de um meme que partilhou no Twitter.

A polícia italiana já confirmou a autenticidade da fotografia e indicou que iniciou um processo de averiguações para identificar a pessoa responsável pela divulgação da imagem à imprensa e também para aferir por que razão o suspeito estava de olhos vendados, escreve o Washington Post.

Recorde-se que os turistas norte-americanos Finnegan Lee Elder, de 19 anos, e Gabriel Natale Hjorth, de 18, foram detidos em Roma depois de terem sido identificados como responsáveis pela morte do polícia Mario Cerciello Rega, de 35 anos, no dia 26 de julho.

Os jovens estudantes, naturais da Califórnia, estariam a tentar comprar droga mas terão sido enganados pelo vendedor, que depois perseguiram e ameaçaram. O vendedor concordou em devolver-lhes o dinheiro mas ao invés disso chamou a polícia. Mario Cerciello Rega, de 35 anos, terá respondido à ocorrência, acabando por enfrentar os estudantes, que o esfaquearam oito vezes.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório