Meteorologia

  • 09 DEZEMBRO 2019
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 17º

Edição

Israel critica Parlamento Europeu por ter recebido palestiniano

O ministro dos Assuntos Estratégicos de Israel, Guilad Erdán, criticou hoje o Parlamento Europeu por ter dado "uma plataforma" ao palestiniano Jaled Barakat, onde este se deslocou e falou, convidado pelo eurodeputado Manuel Pineda, de Espanha.

Israel critica Parlamento Europeu por ter recebido palestiniano

Em carta dirigida ao presidente do Parlamento Europeu, David Maria Sassoli, Erdán criticou a possibilidade dada a Barakat, membro da Frente Popular para a Libertação da Palestina (FPLP), que é considerada uma organização terrorista pela União Europeia, pelos Estados Unidos, pelo Canadá e por Israel.

Barakat, escritor e jornalista palestiniano e membro da organização não-governamental pró-palestiniana Samidoun, deslocou-se ao Parlamento Europeu no dia 10 de julho, na companhia de outros ativistas, convidados por Pineda, eurodeputado eleito pelo partido Esquerda Unida.

Um dos temas centrais da intervenção de Barakat foi a "perseguição" que lhe é feita por governos europeus, "empurrados pelo israelita", e "o que isso representa para a liberdade de expressão".

Na sua missiva, Erdán instou Sassoli a condenar o que considerou a exploração do Parlamento Europeu e assinalou que Pineda já tinha expressado o seu apoio à FPLP no passado e conhecia os vínculos de Barakat com a organização.

Por outro lado, o ministro israelita insistiu com Sassoli para que "não se repitam acontecimentos infelizes, como este", considerando ainda que "o Parlamento Europeu não deve ser uma plataforma para terroristas", referindo-se a Barakat, que foi proibido recentemente de falar num evento politico na Alemanha, pelos seus laços com organizações consideradas terroristas pelas autoridades alemãs.

Um dos pontos em que mais insistiu o ministro israelita foi o apoio de Barakat e da Samidoun ao movimento que promove a campanha Boicote, Desinvestimento e Sanções contra Israel, enquanto durar a ocupação israelita dos territórios palestinianos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório