Meteorologia

  • 23 AGOSTO 2019
Tempo
24º
MIN 22º MÁX 27º

Edição

Forças da Guarda Revolucionária iraniana apresam petroleiro estrangeiro

As forças paramilitares da Guarda Revolucionária do Irão apresaram um petroleiro estrangeiro com uma tripulação de 12 pessoas, acusado de contrabandear petróleo, informou hoje a televisão estatal iraniana.

Forças da Guarda Revolucionária iraniana apresam petroleiro estrangeiro
Notícias ao Minuto

12:54 - 18/07/19 por Lusa

Mundo Media

Esta notícia surge dias depois de um petroleiro baseado nos Emirados Árabes Unidos (EAU) ter desaparecido em águas territoriais iranianas.

O petroleiro de bandeira panamenha MT Riah deixou de transmitir a sua localização durante a noite de domingo, perto da Ilha Qeshm, que tem uma base da Guarda Revolucionária, de acordo com dados do sítio eletrónico Maritime Traffic.

A televisão estatal iraniana não identificou a embarcação apresada, mas disse que foi intercetada no domingo.

O meio de comunicação referiu ainda que o petroleiro tinha 12 tripulantes estrangeiros a bordo e estava envolvido no contrabando de um milhão de litros de combustível de contrabandistas iranianos para clientes estrangeiros.

O relatório disse que o petroleiro foi intercetado no sul da ilha Larak, no Estreito de Ormuz.

Um responsável da defesa dos Estados Unidos disse à agência de notícias Associated Press (AP) no início da semana que os Estados Unidos "suspeitavam" que o Irão teria apresado o petroleiro quando este desligou o localizador no Estreito de Ormuz.

Um outro responsável dos EAU disse à AP que o pequeno petroleiro não fez qualquer pedido de socorro antes de desligar o localizador.

O petroleiro Riah, de 58 metros, fez a típica viagem a partir de Dubai e Sharjah, na costa oeste dos Emirados Árabes Unidos, antes de atravessar o Estreito e seguir para Fujairah, na costa leste dos Emirados Árabes Unidos.

O reconhecimento de que uma embarcação foi apresada pela Guarda Revolucionária do Irão parece contradizer as declarações do porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros iraniano que, na quarta-feira, disse que o Irão ajudou um petroleiro estrangeiro com um mau funcionamento.

Estas atitudes da Guarda Revolucionária ocorrem num momento de crescente tensão entre o Irão e os Estados Unidos, depois de o Presidente norte-americano, Donald Trump, ter retirado o seu país do acordo nuclear iranianos de 2015 com as potências mundiais no ano passado e impor sanções aos Irão.

O Irão recentemente aumentou a produção de urânio e o enriquecimento acima dos limites estabelecidos no acordo nuclear de 2015, tentando colocar mais pressão sobre os países europeus que assinaram o pacto e permitir que venda o seu petróleo bruto no exterior.

Os EUA enviaram milhares de soldados adicionais, bombardeiros B-52 com capacidade nuclear e jatos de combate avançados no Médio Oriente, em meio a tensões elevadas.

Ataques misteriosos contra petroleiros e o Irão a abater um 'drone' de vigilância militar dos EUA aumentaram os temores de um conflito armado irromper na região.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório