Meteorologia

  • 18 SETEMBRO 2019
Tempo
19º
MIN 16º MÁX 27º

Edição

Talibãs encerram dezenas de centros de saúde geridos no Afeganistão

Os talibãs encerraram dezenas de centros de saúde administrados por uma organização não-governamental (ONG) sueca no Afeganistão, anunciou hoje a entidade, lamentando que milhares de pessoas ficarão sem cuidados médicos.

Talibãs encerram dezenas de centros de saúde geridos no Afeganistão
Notícias ao Minuto

15:24 - 17/07/19 por Lusa

Mundo Cabul

Os encerramentos, realizados na província de Wardak, a oeste de Cabul, atingiram 42 dos 77 centros de saúde administrados pelo Comité Sueco para o Afeganistão (SCA, na sigla em inglês), anunciou a ONG num comunicado.

"Esses encerramentos afetam um número estimado diário de mais de 5.700 pacientes", referiu a ONG.

Impedir desta maneira que as pessoas tenham cuidados de saúde "constitui uma clara violação dos direitos humanos e do direito internacional humanitário", disse Sonny Mansson, diretor do SCA para o Afeganistão.

"Exigimos a reabertura imediata de todos os centros de saúde e pedimos a todas as partes envolvidas no conflito que se abstenham de tais ações, que colocam em risco a vida de civis", declarou Mansson.

Os talibãs, por sua vez, não fizeram comentários, mas no passado já fecharam centros de saúde e bloquearam campanhas de vacinação contra a poliomielite em áreas sob seu controlo.

Hospitais e profissionais de saúde têm sido frequentemente alvo do conflito no Afeganistão.

No ano passado, os talibãs alertaram o Comité Internacional da Cruz Vermelha (CICV) de que não mais protegeria os seus funcionários, levando a organização a reduzir significativamente as suas atividades em solo afegão.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório