Meteorologia

  • 24 AGOSTO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Supremo espanhol confirma rebelião de Puigdemont e dos seus conselheiros

Também foi ratificada a aplicação do artigo que levou à suspensão de cargos públicos por parte destes independentistas.

Supremo espanhol confirma rebelião de Puigdemont e dos seus conselheiros

O Tribunal Supremo de Espanha confirmou a situação de rebelião de Carles Puigdemont e dos seus antigos conselheiros Clara Ponsatí, Lluís Puig, Toni Comín e Meritxell Serret, avança o Catalunya Press. A declaração de rebeldia por parte do juiz do Supremo, Pablo Llarena, tinha acontecido há um ano. 

O Supremo também ratificou a aplicação do artigo 384 da lei espanhola que já tinha resultado na suspensão do exercício de cargos públicos do antigo presidente da Generalitat e dos seus antigos conselheiros.

Após analisar o recurso dos arguidos, os magistrados do Tribunal Supremo entenderam que, no que diz respeito à declaração de rebeldia, estão a ser aplicados os requisitos legais para adotar a esta decisão.

Os magistrados acrescentam ainda que os arguidos saíram de Espanha quando tiveram conhecimento de que podiam ser alvos de um processo penal, com o objetivo de escaparem à jurisdição das autoridades espanholas. 

O Supremo realça ainda que quando foram emitidas as suas ordens de detenção, Puigdemont e os seus antigos conselheiros recusaram entregar-se às autoridades de Espanha.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório