Meteorologia

  • 23 JULHO 2019
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 23º

Edição

Macron ameaça não assinar declaração se não defender "ambição climática"

O Presidente francês anunciou hoje que a França estabeleceu uma "linha vermelha" no clima e ameaçou não assinar a declaração da cimeira do G20, que começa na sexta-feira no Japão, se esta não defender "a ambição climática".

Macron ameaça não assinar declaração se não defender "ambição climática"
Notícias ao Minuto

13:30 - 26/06/19 por Lusa

Mundo G20

"Se não falarmos sobre o acordo de Paris e se, para concordamos numa reunião com 20 pessoas, não conseguirmos defender a ambição climática, será sem a França. É simples!", afirmou Emmanuel Macron à comunidade francesa no início da sua visita ao Japão.

O chefe de Estado francês explicou que não pretende que a declaração emitida após a cimeira seja um retrocesso na luta contra o aquecimento global, em comparação com os textos assinados no G20, incluindo o de Buenos Aires no ano passado.

"Não temos o direito de ter um G20 inútil", realçou Macron durante o seu encontro com o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, segundo a sua comitiva.

"Se um ou outro não quiser assinar, que se designem, mas não devemos perder coletivamente a nossa ambição", acrescentou.

Segundo informações baseadas numa versão não definitiva do texto, o projeto de declaração preparado pela presidência japonesa do G20 foi suavizado no que diz respeito ao clima para ser aceitável para Washington.

Os Estados Unidos decidiram retirar-se do Acordo Climático de Paris assinado em 2015, contudo a saída só será efetiva em 2020.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório