Meteorologia

  • 17 JULHO 2019
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 20º

Edição

Pediu emprego em país estrangeiro. Acabou acorrentada em quinta de porcos

Jovem belga fez as malas rumo a uma aventura fora de casa, mas acabou por viver o maior susto da sua vida.

Pediu emprego em país estrangeiro. Acabou acorrentada em quinta de porcos

Davine Arckens, de 26 anos, viajou para a Austrália para um período de trabalho voluntário numa quinta rural, depois de ter lançado um pedido de oportunidade de trabalho através do site Gumtree.

A jovem belga recebeu uma resposta de Gene Charles Bristow, dono de uma quinta de porcos, de 54 anos, e não hesitou em dizer que sim e rumar a uma nova aventura.

Aquilo que encontrou não foi, porém, aquilo que esperava. O homem foi buscá-la ao aeroporto, ao que se seguiu uma viagem de duas horas até à quinta. 

À chegada ao local, o proprietário mandou-a deitar-se no chão e ficar imóvel, para que este pudesse examinar o seu corpo e tentar descobrir se tinha marcas de picadas de seringas, uma vez que queria garantir que não tinha contratado outro funcionário viciado em estupefacientes.

A jovem foi mantida presa com correntes, abusada sexualmente, e obrigada a andar sempre nua. O homem retirou-lhe o telemóvel e garantiu que se ela tentasse fugir, seria morta. Contudo, esqueceu-se de lhe retirar a mala, onde esta tinha o seu iPad.

Assim que o homem a deixou sozinha, a jovem conseguiu tirar as correntes, ligou o dispositivo que lhe sobrara, conectou-se à sua pen USB-Wifi e acedeu ao Facebook, meio através do qual enviou mensagens a familiares e amigos.

"Fiz duas travessias de ferry. Não sei onde estou. Estou presa com correntes, Por favor, avisem a polícia", escreveu, acrescentado ainda o site onde conheceu o seu agressor e informando que ele conduzia uma pickup vermelha. Depois disso, voltou a acorrentar-se para que Gee não desconfiasse de nada.

Um dia depois, a polícia começou a rondar a quinta e chegaria ao fim, o pesadelo da jovem.

O crime aconteceu em fevereiro de 2017, sendo que só agora a jovem revelou mais pormenores sobre o sucedido, numa entrevista ao '60 minutes'. Em março deste ano, Gene Bristow foi considerado culpado dos crimes de rapto, violação, agressão e tentativa de violação.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório