Meteorologia

  • 18 JUNHO 2019
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 21º

Edição

Líder do M5S submete o seu cargo à votação dos militantes

O líder do Movimento 5 Estrelas (M5S), Luigi Di Maio, anunciou hoje que o seu cargo como líder político do partido será submetido à votação dos militantes na Internet, após os resultados nas eleições europeias.

Líder do M5S submete o seu cargo à votação dos militantes

"Eu nunca fugi dos meus deveres e se algo precisa de ser mudado no Movimento fá-lo-emos. Vou pedir a votação dos inscritos (no M5S) sobre a minha posição como líder político, porque é justo que sejam eles que se expressem e os únicos a quem tenho que prestar contas das minhas ações", escreveu Di Maio no blogue do M5S.

O M5S conquistou 17,1% dos votos nas eleições europeias, em comparação com os 32,8% que alcançara nas eleições gerais de 2018, o que levou a acusações contra Di Maio e pedidos de demissão, segundo os jornais italianos.

O vice-presidente do Governo italiano referiu ainda que "antes de tomar qualquer decisão" pretende saber o que os militantes do M5S pensam do trabalho que fez até agora.

"Confirma Luigi di Maio como líder político do Movimento 5 Estrelas?" é a pergunta a que os militantes do M5S que votam na plataforma informática do partido terão que responder.

Está previsto para hoje à tarde uma reunião entre Di Maio e os deputados do M5S para analisarem os resultados das eleições europeias.

Nos próximos dias, Di Maio também se reunirá com os novos eurodeputados e uma representação dos vereadores municipais e regionais e prefeitos.

O partido de extrema-direita Liga de Matteo Salvini foi o mais votado em Itália nas eleições europeias de domingo, recolhendo mais de um terço dos votos, 34,3%.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório