Meteorologia

  • 16 JUNHO 2019
Tempo
15º
MIN 13º MÁX 16º

Edição

Manifestantes israelitas exigem que Netanyahu respeite a democracia

Milhares de israelitas protestaram hoje nas ruas de Telavive para exigir ao primeiro-ministro em funções, Benjamin Netanyahu, que respeite a democracia e desista de aprovar leis que lhe dariam imunidade e limitariam o poder do Supremo Tribunal.

Manifestantes israelitas exigem que Netanyahu respeite a democracia
Notícias ao Minuto

22:18 - 25/05/19 por Lusa

Mundo Israel

"Perante o nosso olhar há uma pessoa que tenta substituir o governo do povo por um governo unipessoal e tenta escravizar toda uma nação pelos interesses de um só homem", afirmou no seu discurso o dirigente da oposição Benny Gantz, citado pela emissora Kan.

Yair Lapid, um outro oposicionista, explicou, citado igualmente pelos 'media' israelitas, que este caso não é uma questão de esquerda ou de direita, mas um ato de protesto contra os esforços do primeiro-ministro para "evitar ir para a prisão".

Comparando os esforços de Netanyahu para consolidar o poder aos do presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, Lapid afirmou: "Não teremos um ditador turco, não permitiremos isso".

"Não há rei em Israel. Nós somos o Estado, não Netanyahu", disse a deputada do Meretz Tamar Zanzberg.

Milhares de israelitas responderam ao apelo dos partidos Azul e Branco, Trabalhista e Meretz, para saírem à rua, após notícias sobre as negociações de Netanyahu com outros partidos para formar um governo de coligação, após ter vencido sem maioria as eleições de abril.

As propostas em cima da mesa incluiriam, segundo as informações que circulam, fórmulas para garantir a imunidade do atual primeiro-ministro em funções, impedindo que seja julgado em três casos de corrupção.

Também estaria a ser negociado o apoio a uma norma legal que impediria o Supremo Tribunal de anular legislação aprovada no Parlamento e que seja considerada contrária às leis ou direitos fundamentais.

Netanyahu tem até terça-feira para anunciar que tem apoio suficiente para governar. Se isso não acontecer, o presidente Reuvén Rivlin pode incumbir de formar governo outro candidato, provavelmente Gantz, líder do Azul e Branco, o segundo partido mais votado.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório