Meteorologia

  • 19 JUNHO 2019
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 19º

Edição

Legislador dos EUA bateu na mulher porque "não se despiu depressa"

Doug McLeod estava bêbado e ameaçou matar o cão da mulher. Foi detido pela polícia mas já pagou fiança e saiu em liberdade.

Legislador dos EUA bateu na mulher porque "não se despiu depressa"

Um legislador republicano do Mississippi, nos Estados Unidos, foi acusado e chegou a ser detido por ter esmurrado a mulher. O motivo da agressão foi o facto de a mulher ter levado demasiado tempo a despir-se para fazerem sexo.

Segundo a BBC, quando a polícia chegou a casa de Doug McLeod, de 58 anos, em Lucedale, os agentes encontraram-no bêbado e com uma bebida alcoólica na mão. O legislador arrastava o seu discurso e andava lentamente e aos ziguezagues.

De acordo com o Clarion Ledger, a polícia encontrou duas mulheres no interior da casa, assustadas. Uma das mulheres era a esposa de Doug McLeod que sangrava da cara. A mulher disse aos agentes que Doug McLeod “passou-se” e que já não era a primeira vez que isso acontecia quando ficava bêbado.

Depois de ser agredida, a esposa do legislador escondeu-se num quarto da casa com outra mulher e McLeod ameaçou matar o seu cão se não lhe abrisse a porta.

Doug McLeod foi detido no sábado mas foi libertado após ter pago uma fiança de mil dólares (cerca de 896 euros).

Os republicanos do estado do Mississippi já frisaram que, se a acusação for verdadeira, Doug McLeod deve demitir-se.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório