Meteorologia

  • 21 MAIO 2019
Tempo
21º
MIN 18º MÁX 23º

Edição

ONG Sea-Watch resgata 65 pessoas no mar Mediterrâneo

A organização não-governamental Sea-Watch resgatou 65 migrantes que se encontravam em situação de perigo no mar Mediterrâneo, anunciou hoje a ONG alemã, indicando que já comunicou às autoridades da Líbia, Malta, Itália e Holanda.

ONG Sea-Watch resgata 65 pessoas no mar Mediterrâneo
Notícias ao Minuto

18:15 - 15/05/19 por Lusa

Mundo Migrantes

"Ao chegar à zona de busca e salvamento, a tripulação do navio 'Sea-Watch 3' resgatou 65 pessoas que se encontravam num bote salva-vidas em perigo, avistado por uma aeronave civil. As autoridades da Líbia, Malta, Itália e Holanda foram informadas", escreveu a ONG nas redes sociais.

Em comunicado, a Sea-Watch, cujo navio tem a bandeira holandesa, explicou que do grupo fazem parte 11 mulheres, uma pessoa com deficiência, dois bebés e 13 menores, oito deles não acompanhados.

Segundo a ONG, a maioria das pessoas resgatadas apresentam sinais de exaustão, desidratação e tonturas.

A nota refere ainda que o navio "'Sea-Watch 3' saiu do porto de Marselha no sábado, após o Tribunal de Haia levantar um bloqueio, e que atualmente é o único de uma ONG que patrulha o mar para tentar salvar vidas.

A Itália mantém os seus portos fechados para navios de ONG com migrantes resgatados a bordo e segundo o ministro do Interior, Matteo Salvini, houve uma redução dos fluxos migratórios para o país.

Dados publicados hoje pelo Ministério italiano, indicam que este ano, 1.129 migrantes chegaram a Itália, 89,41% a menos do que os 10.659 no mesmo período de 2018 e 97,53% a menos do que os 45.657 em 2017.

Em 2019, chegaram 129 menores não acompanhados, enquanto que em 2018 registaram-se 3.536 e em 2017 verificou-se 15.779 menores.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório