Meteorologia

  • 25 JUNHO 2019
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 22º

Edição

Menina mordida por colega em autocarro. Estava presa e condutor não parou

Pais exigem explicações para o sucedido.

Menina mordida por colega em autocarro. Estava presa e condutor não parou

Uma aluna de 10 anos com necessidades especiais foi brutalmente mordida por outro aluno com as mesmas condições, durante uma viagem num autocarro escolar, em Wisconsin, nos EUA.

Os pais da menina, Lynn Waldron-Moehle e Chad Waldron, alegam que a filha foi agredida porque estava presa com um cinto de cinco faixas, que a impediu de conseguir fugir. Além disso, afirmam ainda, que o motorista não parou a viatura para intervir.

Quando o autocarro da escola Básica de Langlade, em Green Bay deixou a menina em casa esta saiu a chorar, agarrada ao braço.

A criança tem um atraso de desenvolvimento, não sendo por vezes perceptível o que quer dizer, motivo pelo qual a mãe não percebeu de imediato o que se passava. Sugeriu então irem para casa para tomar um duche, algo que Lilly adora fazer.

"Quando tirei a sua sweatshirt é que reparei nas marcas que tinha no braço", afirma a mãe.

Entretanto o diretor da escola já terá ido analisar as imagens de videovigilância do autocarro e descreve as cenas como "horrendas só de ver". 

A empresa de transportes lembra que os motoristas estão autorizados a parar a  circulação para intervir caso as crianças entrem em conflito. Situação que, no entanto, não se verificou neste caso, para descontentamento destes pais.

Segundo a Fox News, uma investigação ao sucedido já está a ser levada a cabo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório