Meteorologia

  • 20 JUNHO 2019
Tempo
21º
MIN 19º MÁX 23º

Edição

Manifestantes entram em café vegan e sentam-se a comer carne crua

Um dos manifestantes chegou a dizer que os vegans eram 'doentes mentais'.

Alguns manifestantes entraram num café vegan em Londres, no Reino Unido, com carne crua na mão e sentaram-se, tendo logo de seguida começado uma discussão com os funcionários, onde acabaram por definir quem escolhe ser vegan como sendo "doente mental". Num impasse tenso um dos manifestantes declarou ainda que os vegans estavam "a atrasar a raça humana", enquanto mordia um esquilo morto cru.

O responsável pelo protesto é Sv3rige, nome artístico de Gatis Lagzdins, um popular youtuber seguido por mais de 70 mil pessoas, que promove a alimentação baseada em carne crua, leite e ovos e que parece odiar vegans, não tendo sido esta a primeira iniciativa do género que organizou. Ironicamente, Sv3rige, que foi 'vestido a rigor' para o protesto com uma t-shirt onde podia ler-se "matem animais, bebam sangue, comam carne crua", é um antigo vegan.

Para horror dos funcionários do café londrino 'Essential Vegan', Sv3rige entrou no local no mês passado e começou a comer o animal morto e cru, enquanto outro manifestante se sentava à sua frente também com um pedaço de carne crua. 

A proprietária do estabelecimento, que o The Sun identifica como Vanessa Almeida, de 40 anos, começou a dizer-lhes para abandonarem o local assim que se apercebeu do que estava a acontecer. "Ok, agora saem. Saiam! São tão estúpidos, é patético", gritou. Só para ser confrontada por um dos membros do grupo, que enquanto comia vísceras, lhe gritou de volta: "Em novembro, vegans foram a um restaurante de carne e começaram a gritar com os clientes. Estamos a ser muito simpáticos".

As tensões escalaram e a discussão continuou com Vanessa a pedir para saírem, pois caso contrário chamaria a polícia. Sv3rige aparece então em frente à câmara a mastigar o esquilo antes de ser empurrado pela mulher. Depois de rodar sobre si próprio, empurra-a de volta, o que fez com que a proprietária do local levantasse o punho e exigisse uma vez mais que saíssem.

O grupo de manifestantes acaba finalmente por sair do café, mas não sem antes o youtuber dizer para a câmara: "Acabei de ser agredido por vegans por comer carne". E  já no exterior o grupo podia ser ouvido a gritar impropérios contra Vanessa, naquele momento visivelmente furiosa.

Recorde-se que o veganismo é um movimento de respeito e defesa dos direitos dos animais, onde por questões éticas quem o segue elimina da dieta diária todos os alimentos com origem animal, uma regra que se aplica também a roupa e produtos de beleza e higiene.

Pode ver o vídeo na galeria acima.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório