Meteorologia

  • 16 JULHO 2019
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 19º

Edição

Médico acusado de inocular vírus do VIH em 90 pessoas. 65 eram crianças

Pelo menos 90 pessoas, incluindo 65 crianças, contraíram o vírus do VIH no sul do Paquistão depois de um médico ter usado uma seringa contaminada, revelaram hoje as autoridades policiais.

Médico acusado de inocular vírus do VIH em 90 pessoas. 65 eram crianças

"Prendemos um médico", disse Kamr Nawaz, o chefe de polícia em Larkana, no sul do Paquistão.

"De acordo com as autoridades de saúde, ele (médico) injetava drogas com uma única seringa", disse, acrescentando que o médico tinha "também HIV".

Um documento policial enviado à Agência France-Presse revela que uma clínica é "a fonte da propagação da doença", sem especificar se o médico em questão estava a trabalhar na unidade.

As autoridades foram alertadas pela primeira vez na semana passada depois de 18 crianças que moravam nos subúrbios de Larkana terem sido diagnosticadas com o vírus, o que levou as autoridades de saúde a realizar mais exames.

"Mais de 90 pessoas", incluindo cerca de 65 crianças, fizeram análises e revelaram-se "VIH-positivas", disse o Abdul Rehaman, diretor de Saúde do distrito de Larkana.

O Paquistão é considerado um país com baixa prevalência de HIV, mas a doença está a aumentar, especialmente entre consumidores de drogas, profissionais do sexo e trabalhadores migrantes que regressam do Golfo Pérsico.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório