Meteorologia

  • 19 JUNHO 2019
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 20º

Edição

Autor do popular blogue político Stanlingulag revela a sua identidade

Um dos mais ativos bloguistas políticos da oposição russa, seguido por mais de um milhão e meio de pessoas, revelou hoje a sua verdadeira identidade depois de buscas à casa dos pais.

Autor do popular blogue político Stanlingulag revela a sua identidade
Notícias ao Minuto

11:41 - 03/05/19 por Lusa

Mundo Alexander Gorbunov

Até ao momento, o autor do blogue StanlinGulag, critico do Kremlin e da sociedade contemporânea russa, com intervenções através da rede social Twitter e na plataforma digital Telegram, nunca tinha revelado o nome, a idade, o local de origem e a cidade onde reside.

Esta semana, o autor do bloque revelou a identidade: Alexander Gorbunov, nascido em 1992 em Makhatchkala, no Cáucaso do Norte.

Gorbunov que disse que vive em Moscovo, onde trabalha como intermediário comercial, explicou que decidiu sair do anonimato depois de a polícia ter efetuado buscas na casa dos pais, em Makhachkala.

"Eu sou 'StalinGulag' e já não sou anónimo" escreveu na quinta-feira à noite Alexander Gorbunov na rede social Twitter a que juntou um ficheiro com uma entrevista que concedeu ao canal russo da estação de televisão britânica BBC.

As imagens mostram um indivíduo sentado numa cadeira de rodas, tendo Gourunov explicado que sofre de problemas na coluna vertebral.

"O blogue não foi uma coisa pensada. Foi surgindo de forma acidental", afirmou o ativista, que diz estar empenhado em sublinhar as situações "absurdas que marcam a política russa".

Numa mensagem difundida recentemente, Gorbunov referiu-se à repetição televisiva incessante de um debate russo sobre as eleições presidenciais na Ucrânia, realizadas no mês passado.

"Isto mostra o ponto em que se encontra o nosso sistema político. É mais interessante acompanhar as eleições num país estrangeiro do que ter esperança de que um dia nós possamos viver uma coisa semelhante", disse o bloguista referindo-se às eleições ucranianas.

No passado, as autoridades russas tentaram bloquear vários sites que criticam o Kremlin abertamente assim como as contas da oposição na plataforma Telegram.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório