Meteorologia

  • 04 ABRIL 2020
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 19º

Edição

Assange condenado a 50 semanas de prisão por violar medida de coação

Numa carta que leu no tribunal, o cofundador do Wikileaks pediu desculpa e admitiu estar a debater-se com "circunstâncias difíceis".

Assange condenado a 50 semanas de prisão por violar medida de coação

Julian Assange foi condenado por um tribunal britânico a cumprir uma pena de 50 semanas de prisão (quase um ano de prisão) por ter violado as condições da medida de coação em 2012 quando se refugiou na embaixada do Equador em Londres, adianta a BBC. O cofundador do Wikileaks de 47 anos foi detido no mês passado na embaixada equatoriana, onde esteve asilado durante sete anos.

Assange leu uma carta em tribunal na qual pediu desculpa aos que considerem ter sido desrespeitados por ele. O cofundador do Wikileaks tentou ainda justificar os seus atos com o facto de estar a debater-se com "circunstâncias difíceis".

"Eu fiz o que pensei que na altura era o melhor ou talvez a única coisa que podia ter feito", destacou Julian Assange numa alusão à decisão de se refugiar na embaixada do Equador para evitar a extradição para a Suécia em 2012 na sequência de acusações de abuso sexual. 

Agora enfrenta acusações de conspiração por parte dos Estados Unidos por ter divulgado segredos do governo norte-americano. A justiça britânica irá decidir se extradita Assange para os Estados Unidos, onde o cofundador do Wikileaks enfrenta uma pena até cinco anos de prisão se for condenado pelas acusações de conspiração. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório