Meteorologia

  • 23 MAIO 2019
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 22º

Edição

Presidente do Sri Lanka apela à calma após explosões no país

O Presidente do Sri Lanka, Maithripala Sirisena, apelou hoje à calma depois uma série de explosões sentidas em três hotéis de luxo e três igrejas, onde muitos fiéis celebravam o Domingo de Páscoa, terem feito pelo menos 52 mortos.

Presidente do Sri Lanka apela à calma após explosões no país
Notícias ao Minuto

10:10 - 21/04/19 por Lusa

Mundo Maithripala Sirisena

"Por favor, permaneçam calmos e não sejais enganados por rumores", pediu Sirisena numa mensagem à nação, num país onde os confrontos têm sido frequentes no passado em reação a eventos violentos.

O presidente mostrava-se "em choque" e triste com o sucedido, esclarecendo que "investigações estão em andamento para descobrir que tipo de conspiração está por detrás destes atos cruéis".

Pelo menos 52 pessoas morreram hoje na sequência de uma série de explosões no Sri Lanka, onde muitos fiéis celebravam o Domingo da Ressurreição, o dia mais importante de entre os rituais da Semana Santa, de acordo com um novo balanço feito pela polícia.

Ataques contra minorias religiosas na ilha têm sido habituais no passado, o último em 2018, quando o Governo teve de declarar estado de emergência após confrontos entre muçulmanos e budistas cingaleses com dois mortos e dezenas de detidos.

No Sri Lanka a população cristã representa 7%, enquanto os budistas rondam 67%, os hindus são 15% e os muçulmanos 11%.

Atentados desta magnitude não tinham tido lugar no Sri Lanka desde a guerra civil entre a guerrilha tâmil e o Governo, um conflito que durou 26 anos e terminou em 2009, e que deixou, de acordo com dados da ONU mais de 40.000 civis mortos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório