Meteorologia

  • 23 MAIO 2019
Tempo
21º
MIN 20º MÁX 23º

Edição

Suíço condenado em Marrocos por ligações à morte de duas turistas

Um suíço foi hoje condenado a 10 anos de prisão por um tribunal de Marrocos que julga casos de terrorismo, por ligações a extremistas islâmicos que alegadamente mataram duas turistas nórdicas em 2018.

Suíço condenado em Marrocos por ligações à morte de duas turistas
Notícias ao Minuto

17:39 - 12/04/19 por Lusa

Mundo Justiça

O homem, 33 anos, foi condenado por acusações que incluem "ajuda deliberada aos promotores de atos terroristas" e treino de terroristas, de acordo com a agência noticiosa MAP. A sentença foi proclamada na quinta-feira, mas apenas hoje foi divulgada.

O técnico de publicidade 'online', detido em dezembro, é casado com uma marroquina, de acordo com o advogado que representa outro suíço suspeito neste caso.

Os procuradores marroquinos indicaram por terrorismo 25 suspeitos de ligações com estas mortes.

As duas turistas, uma dinamarquesa e outra norueguesa, foram encontradas mortas na sua tenda nas montanhas do Atlas em 17 de dezembro. As autoridades acusarem pelo crime apoiantes do grupo 'jihadista' Estado Islâmico.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório