Meteorologia

  • 26 MAIO 2019
Tempo
18º
MIN 15º MÁX 22º

Edição

Descoberta uma nova espécie humana nas Filipinas

Arqueólogos estimam que esta espécie, até agora desconhecida, viveu há entre 50 mil e 67 mil anos e indicam que é uma prova de que a evolução humana foi "claramente mais complexa" do que o que se sabe.

Notícias ao Minuto

19:41 - 10/04/19 por Notícias Ao Minuto 

Mundo Arqueologia

Foi descoberta nas Filipinas uma espécie humana extinta que ainda não havia sido identificada. Foi batizada de ‘Homo luzonensis’, por ter sido descoberta na maior ilha do país, Luzon.

De acordo com a BBC, que cita a revista Nature, esta espécie teria dentes muito similares aos dos humanos atuais mas mãos e pés próprios dos primitivos australopitecos, uma combinação inédita.

As ossadas foram encontradas na Gruta de Callao, no norte de Luzon. São sete dentes, um pedaço de um fémur e vários ossos de mãos e pés, datados de há mais de 50 mil anos, que pertenciam a três pessoas, dois adultos e uma criança. O fóssil mais antigo tem 67 mil anos de antiguidade.

Os fósseis, cujas características não são comparáveis com nenhuma espécie já conhecida, foram sendo escavados desde 2007. A investigação foi feita por uma equipa de cientistas das Filipinas, Austrália e França, sendo publicada esta quarta-feira.

A nova espécie representa uma nova onda de dados no complexo mar que é a evolução humana. “Esta descoberta é uma nova prova significativa para melhorar o nosso conhecimento da evolução humana, especialmente na Ásia, onde foi claramente mais complexa, e muito mais interessante, do que pensávamos anteriormente”, indicou um dos investigadores ao La Vanguardia.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório