Meteorologia

  • 20 OUTUBRO 2019
Tempo
12º
MIN 12º MÁX 18º

Edição

Instagrammer chora porque não quer "um emprego das 9h às 17h"

"Antes de me denunciarem, pensem duas vezes, pois estão a arruinar a minha vida", apela.

Jessy Taylor, de 21 anos, era até há pouco tempo uma estrela nas redes sociais. A jovem, que possui mais de 113 mil seguidores no Instagram, e outros tantos no YouTube, viu a sua vida sofrer uma reviravolta quando a sua conta foi bloqueada

Desesperada, Jessy decidiu partilhar um video no YouTube onde se mostra assustada com o futuro, uma vez que "não foi feita para ter um emprego das 9h às 17h".

A mulher conta que estava a editar um video para partilhar quando percebeu que a sua conta tinha sido apagada. Considerado-se inútil para ter um emprego normal, Jessy diz temer voltar a tornar-se numa prostituta sem a sua conta.

"Quando pensarem em denunciar a minha página, pensem duas vezes, pois estão a arruinar a minha vida", apela, dado que este terá sido o motivo pelo qual o Instagram decidiu boquear-lhe a conta.

"Eu não sou nada sem os meus seguidores, nada", diz enquanto chora compulsivamente, afirmando que o único motivo pelo qual chegou a Los Angeles foi graças à sua carreira online.

"O que vocês têm de perceber é que eu não tenho requisitos, eu tenho 20 mil dólares em divida na faculdade, pelo que nem sequer posso voltar a estudar. Eu trabalhava no McDonald's antes de ganhar 100 mil seguidores no Instagram e no YouTube. Antes de ter tudo isto na minha vida eu era uma grande falhada", afirma, referindo que nunca poderá ter um emprego normal porque não tem qualificações para isso.

A jovem não fugiu a criticas com muitos a afirmar que o seu vídeo só se poderia tratar de uma paródia e outros a dizer que também ficariam muito chateados se fossem "pagos para não fazer nada".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório