Meteorologia

  • 19 MAIO 2019
Tempo
20º
MIN 19º MÁX 21º

Edição

Wikileaks diz que Assange foi espiado e informações dadas a Trump

Recorde-se que Assange foi abrigado na embaixada do Ecuador em 2012, mas a sua expulsão tem sido discutida nos últimos dias.

Wikileaks diz que Assange foi espiado e informações dadas a Trump
Notícias ao Minuto

12:27 - 10/04/19 por Notícias Ao Minuto 

Mundo Londres

O chefe do Wikileaks alega que espiões instalaram câmaras para vigiar Julian Assange, na Embaixada do Ecuador, em Londres. 

Kristinn Hrafnsson afirma que Assange foi vítima de uma "complexa operação de espionagem", naquilo que se tratará de uma conspiração para lhe extorquir três milhões de euros.

A informação reunida, e que inclui fotos e vídeos tiradas a Assange desde 2012, terão sido entregues à administração Trump.

Os vídeos incluem, entre outros, um encontro entre o homem e o seu advogado e ainda uma consulta médica.

O chefe da organização transnacional sem fins lucrativos, sediada na Suécia, não mostrou provas e não referiu quem é o alvo das suas acusações, mas alega que tem conhecimento de que houve um pedido para que as visitas às embaixadas e os vídeos registados lá dentro fossem revelados.

Recorde-se que Assange foi abrigado na embaixada do Ecuador em 2012, mas a sua expulsão tem sido discutida nos últimos dias.

O governo equatoriano já denunciou as constantes violações de Assange às condições de asilo, o que levou Quito a aplicar desde outubro passado um protocolo que regula as visitas, comunicações e salubridade do australiano dentro da embaixada, cujo não cumprimento levará à retirada do asilo.

Esta segunda-feira, o governo do Equador fez saber que ainda não definiu uma data para resolver se mantém ou retira o asilo diplomático concedido ao criador do WikiLeaks.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório