Meteorologia

  • 19 MAIO 2019
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 19º

Edição

Mulher esfaqueia o marido no local onde tatuara o nome da falecida filha

Mulher alega que agiu em própria defesa.

Mulher esfaqueia o marido no local onde tatuara o nome da falecida filha
Notícias ao Minuto

15:32 - 09/04/19 por Andrea Pinto 

Mundo Inglaterra

Helena Karine Atay matou, alegadamente, o marido, Atakan Atay, após quase 20 anos de vida em conjunto. Fê-lo, esfaqueando-o no peito, no local onde tinha tatuado o nome da filha falecida de ambos.

O crime aconteceu na casa onde ambos viviam, em Birtley, Inglaterra, após uma discussão sobre o facto de o homem ter saído para ir comprar vinho.

Em tribunal, soube-se que esta não era a primeira vez que a família era abatida pela tragédia. Em 2010 a sua filha bebé morrera de cancro.

Helena alegou em tribunal que não é uma assassina e disse que o marido era controlador e agressivo.

Em tribunal concluiu-se que na noite de 18 de setembro de 2018, e na sequência do excessivo consumo de álcool por parte do marido, Helena decidiu sair de casa. Terá havido, então, uma confrontação, momento em que Helena pegou numa faca e esfaqueou por diversas vezes o marido indefeso. Uma das facadas acabou por perfurar-lhe o peito e foi fatal.

Terá sido a própria vítima a ligar para o 112 e durante a chamada é possível ouvir-se a mulher a tentar reanimá-lo e a pedir-lhe desculpa. A mulher alegou ainda que agiu em própria defesa e que antes de pegar na faca o homem lhe havia batido, contudo no corpo não apresentava qualquer marca de violência

O julgamento continua e, segundo o Mirror, uma sentença só deverá ser proferida dentro de quatro semanas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório