Meteorologia

  • 18 AGOSTO 2019
Tempo
19º
MIN 19º MÁX 19º

Edição

MNE do Irão quer que tropas dos EUA sejam consideradas "terroristas"

O ministro dos Negócios Estrangeiros do Irão, Mohammad Javad Zarif, pediu hoje ao presidente do país para classificar as forças norte-americanas que operam no Médio Oriente, na Ásia Central e no Corno de África como "terroristas".

MNE do Irão quer que tropas dos EUA sejam consideradas "terroristas"
Notícias ao Minuto

17:37 - 08/04/19 por Lusa

Mundo Tensão

O ministro escreveu uma carta ao presidente iraniano Hassan Rohani, expondo a sua posição, após o anúncio da decisão dos Estados Unidos de colocar a Guarda Revolucionária Iraniana, uma divisão especial das Forças Armadas do Irão, na "lista das organizações terroristas estrangeiras.

Os EUA colocaram a Guarda Revolucionária Iraniana na lista de organização terroristas estrangeiras, numa decisão inédita, anunciou hoje o Presidente Donald Trump.

Pela primeira vez, "uma organização governamental de um país fará parte da lista oficial de entidades terroristas dos EUA", anunciou hoje Donald Trump, em comunicado, referindo-se à inclusão da Guarda Revolucionária Iraniana, uma divisão especial das Forças Armadas do Irão, criada após a revolução iraniana de 1979.

A designação de "organização terrorista" implica a aplicação de sanções, somando-se a medidas punitivas que os EUA já tinham aplicado ao Irão, como o congelamento de ativos bancários e a proibição de empresas fazerem negócio com organizações iranianas.

Hoje mesmo, o secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, pediu a todas "as empresas e bancos do mundo" para cortarem ligações financeiras com a Guarda Revolucionária Iraniana.

Em final de 2018, os EUA já tinham incluído restrições na venda de petróleo, no pacote de sanções ao Irão.

Antecipando a decisão de incluir a Guarda Revolucionária Iraniana na lista de grupos terroristas, o Irão alertou, no domingo, os EUA de que haveria represálias.

"Se os norte-americanos fizerem uma jogada tão estúpida e puserem em perigo a nossa segurança nacional, aplicaremos medidas recíprocas", sublinhou no mesmo dia o comandante da Guarda Revolucionária do Irão, Mohamad Ali Yafari.

O parlamento iraniano já havia anunciado horas antes que tinha elaborado um projeto de lei para colocar o Exército norte-americano na lista de grupos terroristas, como "medida de reciprocidade".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório