Meteorologia

  • 24 MAIO 2019
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 18º

Edição

Mulher que atacou escola "porque odiava segundas" pode ser libertada

Quarenta anos depois, mulher poderá voltar a viver em liberdade.

Mulher que atacou escola "porque odiava segundas" pode ser libertada
Notícias ao Minuto

17:24 - 05/04/19 por Andrea Pinto 

Mundo EUA

Brenda Spencer tinha apenas 16 anos quando matou dois adultos e feriu oito crianças num ataque perpetrado junto à Escola Básica Grover Elementary, em San Diego, em 1979.

O crime, que aconteceu numa altura em que os tiroteios em escolas eram raros, chocou o país e quando questionada sobre o que a motivou a agir assim, Brenda respondeu: "Odeio segundas-feiras. Isto ajudou a aliviar o meu dia".

A afirmação chegou a dar azo a uma música da banda Boomtown Rats e a mulher afirmou na altura estar feliz por estar a tornar-se famosa.

Brenda, que sofria de epilepsia, foi presa, e viria mais tarde a saber-se que esta teria tomado a sua medicação com whiskey naquela manhã. 

A mulher foi acusada de dois crimes de homicídio mas escapou à pena de morte devido à sua idade. Assim, foi condenada a 25 anos de prisão por cada um dos crimes,  com a possibilidade de audiências de liberdade condicional.

Considerando o seu progresso no processo de reabilitação na prisão, os seus advogados acreditam que este ano possa finalmente ser-lhe aprovada a liberdade condicional. Durante sua estadia na Instituição Prisional para Mulheres da Califórnia, Spencer foi descrita como uma reclusa modelo.

O advogado defende que a mulher não voltará a cometer um crime e descreve-a como uma "rapariga problemática" que foi vítima de "pais incrivelmente maus", que nunca deveriam ter recebido armas em casa.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório